Soluções Sustentáveis
para a Construção Civil

FECONATI- Feira Internacional de Construção Sustentável Comemora Resultados Positivos de sua Terceira Edição

A Edição de 2016 que aconteceu entre os dias 01 a 04 de junho em Atibaia, interior de São Paulo, recebeu visitantes de vários estados brasileiros e apresentou novidades em tecnologia sustentável.

Publicado em 09/06/2016




Em sua terceira edição FECONATI – Feira Internacional de Construção Sustentável organizada pelo Grupo Perfil encerrou no último sábado dia 4 de junho e comemora resultados positivos. Embora o país esteja passando por uma conjuntura econômica atípica e o mercado de construção civil registrou no último ano uma retração, a Feconati conseguiu superar esses percalços atraindo seu público alvo tanto para a visitação quanto para o ciclo de palestras que aconteceu durante o evento.

Segundo a organização vieram empresários, engenheiros, arquitetos, construtores de vários estados como Santa Catarina, Pará, Amazonas. Estudantes, os futuros especificadores e a nova geração que precisará construir com conceitos sustentáveis também marcaram presença na feira.
“A FECONATI é uma feira que além de apresentar produtos ecológicos e tecnologias sustentáveis também atrai pelas palestras que promove com conteúdos altamente técnicos, esclarecedores com temas e cases ministrados pelos mais importantes especialistas em sustentabilidade do país”, afirma Eliane Pires Dias, organizadora da FECONATI.

Segundo a arquiteta e proprietária da Casa Micura, especializada em construção Light Steel Frame, Heloisa Pomaro, disse que a edição de 2016 da FECONATI foi boa em termos de qualidade de visitantes no seu stand, fez muitos contatos que gerarão futuros negócios. “Durante a feira distribuímos 90% de nossos panfletos”, diz a arquiteta. “Outro dado importante, estudantes de arquitetura e técnicos vieram ao nosso espaço, é muito importante o interesse desta nova geração e futuros clientes já se aprofundarem na construção sustentável”, conclui.

Para David William, engenheiro elétrico e diretor da NYFAN Service, empresa que atua em geração de energia solar, eólica e convencional que participou da feira disse que fez diversos contatos potenciais com construtores, engenheiros e empresários do varejo. “A Feconati é uma vitrine onde podemos expor nossos produtos e esclarecer dúvidas e orientar o funcionamento de todo funcionamento do sistema de energia solar. Durante minha palestra sobre este tema pude perceber que ainda há muitas dúvidas sobre esta tecnologia e que foram sanadas”, explica David.

Para o engenheiro a captação de energia solar é uma tendência, atualmente existem dois mil sistemas instalados em todo país, mas a estimativa é que em três e quatro anos o numero suba para 10 a 15 mil aquisições do sistema instalado.

Minimizar os impactos na natureza e buscar alternativas para construção civil, uma das áreas que mais geram resíduos, faz com que mais profissionais do setor pesquisem sobre os novos materiais e novas tecnologias sustentáveis. É o caso do representante de uma empresa de construção de São José dos Campos, Leandro Bravo que visitou a FECONATI “é muito importante ter este vinculo entre os métodos construtivos convencionais e sustentáveis e por isso vim até Atibaia conhecer o que os expositores estão apresentando”, conclui.

A cada ano a FECONATI vai se posicionando como uma feira focada no setor de construção e tecnologias sustentáveis e se consolida como uma vitrine para os expositores e também para técnicos estarem cada vez mais a par das novidades por meio das palestras promovidas.

O presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Atibaia e Região, José Roberto Dobrado Junior, que esteve presente na palestra ministra pelo CREA- SP no último sábado dia 4 de junho, disse que a implantação de projetos sustentáveis é fundamental, embora ainda seja muito caro elaborar um projeto totalmente dentro deste conceito. “Há ainda muita dificuldade por causa do alto custo nos projetos, é necessário que haja mais incentivos do governo para adoção dessas práticas, para que os preços sejam adequados, pois ainda é inviável implantar. Necessitamos de mais subsídios”, diz o engenheiro. “Na FECONATI as empresas que comercialização geração de energia solar já possuem financiamentos via BNDES, mas eu desconheço essas linhas de crédito, por exemplo, em recursos de reuso e captação de água de chuva”, continua Junior.

O engenheiro civil Joni Matos Incheglu, conselheiro CREA-SP apresentou em sua palestra cases do projeto este desenvolvido pela APEMEC - Associação de Pequenas e Médias Empresas de Construção Civil do Estado de São Paulo. "Aplicação do Sistema de Água de Reuso implantado em Creches da Prefeitura de São Paulo". Para Incheglu a sustentabilidade não é mais uma opção e sim uma questão de sobrevivência para qualquer organização que busque o sucesso em seu ramo de atuação, além do retorno a própria sociedade que pode desfrutar de um ambiente menos nocivo.

A preocupação do CREA-SP com o tema sustentabilidade fez com que a entidade criasse o projeto “Casa de Engenharia” inaugurada em todo estado de São Paulo, com uma mesma identidade visual com condições de acessibilidade e visibilidade servindo de modelo para os projetos verdes com construção Steel Frame, geração de energia solar, captação de água pluvial, ventilação cruzada e uso de climatizadores.

Investir em construções sustentáveis é uma via sem volta, pois aumenta o bem estar, o conforto e a produtividade, além de melhorar as condições do Meio Ambiente e evitar desperdícios de recursos naturais. São investidos no Brasil cerca de R$ 13 bilhões em construção verde e investir em sustentabilidade é agregar valor ao empreendimento e à marca. “É um fator importante nas empresas atuais que precisam encontrar o equilíbrio entre a geração de lucro e responsabilidade social e ambiental, para que seus negócios se desenvolvam de forma a obterem resultados sustentáveis e gerar valores agregados aos seus produtos e marcas. O mercado da construção

sustentável está em crescimento e é um mercado que gera uma economia criativa que busca soluções e alternativas. As empresas que se conscientizarem que há necessidades emergenciais e fizerem investimentos na economia verde, certamente, serão lembradas e estarão contribuindo tanto na sustentabilidade como no crescimento e resultados positivos para seus negócios”, falou Livio Giosa, presidente do IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental, em sua palestra durante a FECONATI.

A expectativa para o próximo ano é um aumentar ainda mais a adesão de público e expositores, “A FECONATI que acontece em um excelente momento para o mercado da Construção Sustentável: profissionais do setor e consumidores de forma geral estão mais atentos aos novos produtos e buscam soluções para a crise hídrica e energética”, conclui Eliane Dias Pires.

------------------------------------

Serviços

Terceira Edição FECONATI – Feira Internacional da Construção Sustentável
Data: 01 a 04 de junho de 2016
Horário: Das 10h às 20h
Local: Estação Atibaia
Endereço: Avenida Jerônimo de Camargo, 6308 - Atibaia - SP, 12944-000 (próximo a rod. Fernão Dias, atrás do Hotel Bourbon)
A Entrada para A FECONATI é gratuita basta realizar o credenciamento diretamente no site.

Informações para imprensa: A3 Comunicação (11) 38314361
Atendimento: Maria Helena Antoniadis (11) 988923563
E-mail: mariahelena@a3comunicacao.com.br




Seja um expositor - FECONATI - Feira de Construção de Atibaia

Patrocinadores:

Feconati recebe Selo Verde evento sustentável